Segurar a barra, sommelier e curar ressacas | Mais um a meu favor #274

Começar a semana bem é começar a semana com o melhor da estupidificação na sua tela. Confiramos a seleção de nossa produção para esta semana pré 2º Turno. Segurar a barra que é gostar de Deixe de preguiça e leia o resto. →

Mais um a meu favor #229: Pépito, confeitaria e crítica social fida

Estamos colocando no ar mais uma edição de muita estupidificação na sua tela. Vamos aos destaques escolhidos por nossa produção. Mudar é algo da natureza humana. Mudar para melhor é sempre a melhor coisa a Deixe de preguiça e leia o resto. →

JiL #1: Truco, Ladrão!, só pela zuera® e 2 contra 2

Imagem de destaque (vide visualização via página principal): Quadrinhos Perturbados. Para dar continuidade às dicas e impressões para Lumia e Windows Phone, estreia o Jogos iLumimados (JiL). Para dar início aos trabalhos, vamos jogar truco? Deixe de preguiça e leia o resto. →

IiL #2: AccuWeather, RealFeel e garotos do tempo

Imagem de destaque (vide visualização via página principal): Engadget. Mais um dia, mais uma impressão de um app para Lumia. A bola da vez é um para previsão do tempo multiplataforma: o AccuWeather, o melhor Deixe de preguiça e leia o resto. →

IiL #1: Mini Recorder Free, gravação e recuperação

Imagem de destaque (vide visualização via página principal): Blog IATEC. Olá, amantes do NNL (ou apenas pessoas que suportam). Dando continuidade ao retorno à programação normal, está sendo promovida a estreia do Impressões iLumiadas (Iil). Deixe de preguiça e leia o resto. →

IAp #25: CycleBoy, salvar o jogo e mais fases | Jogáveis #2

Tweetar #391 Hoje é dia de conhecer mais um joguinho para Symbian bem legal. CycleBoy é a bike da vez (desculpem a piadinha). O jogo e considerações CycleBoy é um jogo que traz um garoto Deixe de preguiça e leia o resto. →

Impressões: Museu da Língua Portuguesa

Tweetar #367 O Museu da Língua Portuguesa, localizado no prédio da Estação Luz, é uma das atrações da cidade de São Paulo. Ele foi inaugurado em 20 de março de 2006, em uma cerimônia que Deixe de preguiça e leia o resto. →