Formula M e a entrada de Metal Sonic em Team Sonic Racing | Live Streams #51
RPNV 2016 #10: quem foi ou não eleito?
AMQCM #54: Hardwired… To Self Destruct (2016), por Metallica | Álbuns
NNL Indica #3: dicas para acompanhar tudo sobre Chespirito e Dragon Ball Super no Brasil
Eventos massa™ #2: Brasil Game Show 2016 | NNL em eventos
O pior porre da minha vida | Casos Pessoais
Janela de dicas #25: como remover o Warsaw completamente do seu Windows | Macetes
Nos Fragmentos do HD #15: os 10 anos do AE KASINÃO
Avulsos #4: Tanglewood para Sega Genesis / Mega Drive | NNL Games
Crunchyroll: saiba como ter acesso Premium+ por 48 horas

Impressões: Museu da Língua Portuguesa



#367

O Museu da Língua Portuguesa, localizado no prédio da Estação Luz, é uma das atrações da cidade de São Paulo. Ele foi inaugurado em 20 de março de 2006, em uma cerimônia que contou com a presença do governador Geraldo Alckmin, de Gilberto Gil (então ministro da cultura) e do então presidente Lula.

No ato de compra do direito de entrada, recebe-se, além do ingresso de permissão de entrada no museu, outro ingresso, para uma apresentação de 30 minutos, na sala de exibições do 3º andar. Na primeira parte desta, há a exibição de um curta metragem de 10 minutos, contando a história da formação de todas as línguas, em um tela semelhante àquelas encontradas nos cinemas convencionais (21×9). Ao fim do filme, a tela se levanta e revela uma saleta, onde os expectadores são convidados a terem uma bela experiência: 20 minutos de uma verdadeira viagem em textos que fazem parte da solidificação da Língua Portuguesa, com a utilização de quatro projetores exibindo imagens de forma dinâmica, prendendo a atenção do público.

Ao fim da apresentação, há a obrigatoriedade dos expectadores descerem em direção ao 2º andar do edifício. Nele, encontra-se um corredor com a presença de projetores que mostram vídeos sobre a história da Língua Portuguesa. Lá se encontram também telas sensíveis ao toque na qual possibilitam a escolha de três opções. O objetivo é, por exemplo, escolher uma das palavras listadas para se descobrir a origem lexical de cada. Na mesma sala, há também a presença de uma tela que mostra um mapa de todo o Brasil, possibilitando escolher um estado do país. Após a escolha, é exibido um pequeno documentário, contando a história da região. Ainda no mesmo corredor, há a exposição de peças antigas dos povos colonizado por Portugal, falantes do português.

Mais à frente, está a sala com o aparato mais divertido de todo o MLP: duas telas mostrando palavras fragmentadas, cujo objetivo é tentar formá-las. Quando se dá a formação de alguma, mostra-se a origem desta. Com todas as palavras formadas, acontece algo conhecido no mundo dos videogames como “salvar” ou “zerar” o jogo, e são mostradas novas fragmentações a serem desfeitas na sequência. Tanto crianças quanto adultos perdem um pouco de tempo, mas saem satisfeitos do local. No momento, o 1º andar está fechado para visitação.

O Museu da Língua Portuguesa funciona de terça a domingo, das 10h às 18h, com as bilheterias fechando uma hora antes. Além disso, na última terça do mês, o MLP funciona até às 22h, com o fechamento da bilheteria também uma hora antes. Os ingressos custam R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia) e aos sábados a entrada é gratuita.

Com preço acessível, o Museu da Língua Portuguesa é uma ótima pedida para quem mora na cidade de São Paulo e para quem é turista. Em uma hora de visitação, se aproveita um ótimo passeio pelo local e uma experiência inesquecível.

Por: Not Now Lucas

The following two tabs change content below.

notnowlucas

São Paulo - SP
Formado em Informática e antenado no universo da tecnologia, gosto de escrever sobre tudo que me convier. Possuo um Nokia Lumia 730 e não gosto que caçoem de mim.