Live Streams #5: Tem pouco Knuckles. Manda mais. – Knuckles Mania & Knuckles (Sonic Mania Mods) | NNL Games
RPNV 2016 #10: quem foi ou não eleito?
AMQCM #54: Hardwired… To Self Destruct (2016), por Metallica | Álbuns
NNL Indica #3: dicas para acompanhar tudo sobre Chespirito e Dragon Ball Super no Brasil
Eventos massa™ #2: Brasil Game Show 2016 | NNL em eventos
O pior porre da minha vida | Casos Pessoais
Janela de dicas #25: como remover o Warsaw completamente do seu Windows | Macetes
Nos Fragmentos do HD #15: os 10 anos do AE KASINÃO
Avulsos #4: Tanglewood para Sega Genesis / Mega Drive | NNL Games
Crunchyroll: saiba como ter acesso Premium+ por 48 horas

RPNV 2016 #1: o resumão da votação do Impeachment na Câmara

#648
Foto Oficial Presidenta Dilma Rousseff.  Foto: Roberto Stuckert Filho.

Foto Oficial Presidenta Dilma Rousseff.
Foto: Roberto Stuckert Filho.

A coluna eleitoral Rir para não votar estreou em 2012, com o intuito de trazer candidatos metidos a engraçadinhos tentando ganhar seu voto, ou apenas arrancar algumas gargalhadas. Com os problemas passados pelo NNL em 2014, não houve RPNV para cobrir a mais equilibrada eleição presidencial desde a redemocratização. Mas, em 2016, ela está de volta com tudo.

Este ano, começamos mais cedo, afinal não tem como não falar do provável Impeachment de Dilma Rousseff, que tem como base as chamadas pedaladas fiscais – as controversas. Não entrando no mérito de estar havendo ou não um golpe no Brasil, vamos nos focar no show de horrores e memes ambulantes que foi a votação pela admissibilidade do pedido de impedimento, ocorrida no dia 17/04/2016 na Câmara dos Deputados.

Se o foco era o relatório-base do pedido de Impeachment – feito por Jovair Arantes, com base na apresentação de Miguel Reale Jr., Janaína Paschoal e Hélio Bicudo -, o que vimos na votação foi algo esperado, embora patético: poucos se focaram na denúncia em si e a maioria dedicou seu voto – com tempo máximo de 10 segundos, quase nunca respeitados – a familiares, estados, instituições, teses estapafúrdias e até a torturador.

Dentre cusparadas e dedicatória à honestidade contestada de cônjuge, o canal do YouTube tapekeep (do João Pedro, do Geração VHS), resolveu fazer um resumão de todos os 511 votos dados. Basicamente, os termos mais ditos durante a sessão transmitida por praticamente todas as emissoras de TV Aberta simultaneamente com a TV Câmara – exceto pelo SBT – foram garimpados. A montagem ajuda a entender de forma clara e bem-humorada como a votação do Impeachment de Dilma (367 SIM, 137 NÃO, 7 ABSTENÇÕES, 2 AUSENTES) foi conduzida pelo “insuspeito” Eduardo Cunha e os nossos nobres deputados.

Confira o excelente vídeo abaixo

Se tiver algo de “alto nível” como a votação do Impeachment de Dilma, voltaremos o quanto antes com mais RPNV 2016. Se não, nos encontraremos daqui a 3 meses, com o melhor do pior do período eleitoral. Afinal, é fundamental rir para não votar, né. 😉

Por: Not Now Lucas

The following two tabs change content below.

notnowlucas

São Paulo - SP
Formado em Informática e antenado no universo da tecnologia, gosto de escrever sobre tudo que me convier. Possuo um Nokia Lumia 730 e não gosto que caçoem de mim.