Caos metroviário em São Paulo



#324

Ontem (23/08/2012), estava indo para a escola. Chego na Estação Saúde da Linha 1 Azul às 18h20, percebi um trem (daqueles novos) parado e quase lotado. Entrei achando que este ele sairia logo após. Engano meu.

Veio a primeira informação no sistema de som às 18h30, mas inaudível. Pessoas começaram a desistir de esperar o trem sair do lugar.

Por volta de 18h45, as portas se fecham pela primeira vez, mas, logo em seguida, se abrem. Às 18h50, as portas se fecham de forma definitiva e o trem começa a seguir viagem. Infelizmente, o mesmo não chegou até a Estação Praça da Árvore, a subsequente no sentido Tucuruvi.

Então, o trem se desliga às 19h05, e o ar condicionado, que ajudavam, também. Ou seja, o calor humano e pessoas começando a suar.

Por fim, às 19h15, as portas se abriram e começávamos a andar pelos flancos dos trilhos, até chegar na plataforma da Estação Praça da Árvore. Nem preciso dizer que perdi o dia de aula, preciso?

O que o Metrô tem a dizer? Confira estas notícias: