Pânico na TV, CQC e Band


#176

Pânico na TV (2003) é Custe o Que Custar (CQC, 2008) são duas trupes de humor, uma mais “inteligente”, outra mais “louca”. Estas que são consideradas as duas principais atrações deste gênero da atualidade.

O assunto central é o Pânico e sua mudança da RedeTV! para a Band. Rumores desta troca surgiram em meados do fim de 2011, e ficaram fortes quando a atração não voltou a ser exibido ao vivo pela emissora número 9 da TV Aberta (aqui na cidade de São Paulo) no fim de janeiro ou no começo de fevereiro. Apenas reprises com os “melhores momentos de 2011”, que devem ser exibidas até a noite desta sexta-feira (dia 17/02/2011). Mais em: http://ofuxico.terra.com.br/noticias-sobre-famosos/band-oficializa-contratacao-do-elenco-do-panico/2012/02/17-132170.html

Rumores de uma possível saída do Pânico da RedeTV! ficaram fortes em anos como 2005, onde aparentemente a emissora não dava a mínima para programa. Silvio Santos demonstrou interesse em ter a trupe da Rádio Jovem (que existe desde 1998) no SBT. A ida para a emissora de “Cenoura” este quase confirmada, mas patrocinadores impediram esta mudança.

A relação de CQC nesta história é que o programa é o principal concorrente do Pânico, e a Band é a emissora da “mosca”. Teoricamente, não haveria espaço para duas atrações deste porte em uma emissora. O que pode fazer com que “aqueles que correm atrás” mudarem de emissora, embora seja difícil, já que que o canal 13 já tem diversos programas produzidos pela mesma produtora do Custe o Que Custar, a argentina Cuatro Cabezas.

Só o tempo dirá se os dois estilos podem conviver entre si, ou se um vai ofuscar o outro. A estreia do Pânico na TV na Band está prevista para março, por enquanto sem data nem horário confirmados.

The following two tabs change content below.

notnowlucas

São Paulo - SP
Formado em Informática e antenado no universo da tecnologia, gosto de escrever sobre tudo que me convier. Possuo um Nokia Lumia 730 e não gosto que caçoem de mim.