Atendente, decoreba e "cursos gratuitos" | Casos Pessoais


#169

Desde que entrei para a ETEC Getúlio Vargas, com o intuito de fazer Médio e Técnico, pensei que seria uma boa. Embora eu não tenha feito o técnico, não faltaram oportunidades de fazer cursos, só que ao contrário.

Já fui chamado para diversos cursos tipo “é na faixa”. A ideia, para quem recebe o telefonema de uma atendente (comigo, geralmente, quem me ligava era uma atendente) com uma decoreba assustadora, ficando até ofegante de tanto falar. Mas, quando se vê, você tem que pagar uma taxa mais mensalidades. Você se pergunta: “Como assim? Não era gratuito?”. Pois é, apesar dos supostos descontos, ainda fica pesado para o orçamento. Foi o que aconteceu comigo, apenas na primeira vez.

Você sai decepcionado com cara de imbecil. Enganado pelo spam, que se repete várias vezes, até que você se matricule numa instituição com “cursos gratuitos”. Creio que os spams parem por aí. Mas não fui tão fundo de fazer o teste.

Muitas vezes, te ligam de um mesmo local, que até já teve o nome alterado, se fosse uma “empresa fantasma”, digamos assim. Mas a proposta é sempre a mesma, cheia de benefícios e tal.

Eu não caio mais nessa, mas percebi uma coisa além da decoreba: deixe a atendente ficar ofegante e pedir para ir; você diz “Não.” e a atendente te desliga na cara. Sim, além de despreparada (aparentemente), é mal-educada. Ninguém ensinou para ela que desligar na cara é falta de educação?

É assim mesmo, estas escolas spammers treinam os atendentes para serem verdadeiros robôs. Se não conseguem pegar um “trouxa” (como eu já fui), esquecem até dos bons modos. Afinal, são “robôs”.

Enfim, não caiam nessa. Se querem fazer cursos gratuitos, façam pelo conhecimento de uma instituição confiável, não porque ela insiste em te ter como “trouxa”, digo, aluno.

The following two tabs change content below.

notnowlucas

São Paulo - SP
Formado em Informática e antenado no universo da tecnologia, gosto de escrever sobre tudo que me convier. Possuo um Nokia Lumia 730 e não gosto que caçoem de mim.