Casas Bahia, mesa de papel e mesa nova | Casos Pessoais


Faz tempo que tenho bronca com as Casas Bahia (principalmente pelos “megas”, “gigas” e pela parceria com a Positivo). Nem Super Casas Bahia tem mais (disso até gostei). Típico de lojas deste tipo: muita propaganda e pouca qualidade, ou que não chega aos pés do que é anunciado. O caso do post #02 (http://notnowlucasnnl.com.br/2011/04/06/post-de-estreia-montador-e-guarda-roupa/) fala sobre o Ponto Frio também.

Vamos ao caso deste post: trocamos a mesa do computador há alguns anos atrás, pois a anterior era muito grande e estava com problemas, aparentemente por má montagem ou o material da mesma era de péssima qualidade. Acredito que as duas suposições são o motivo para ela estar a ponto de se desmontar e quebrar todo o seu conteúdo (inclusive o PC). Parecia uma mesa de papel, é só assoprar que se desmancha toda. Sem contar que, por falta de espaço, ela ficava na frente do mini guarda-roupa, obstruindo porta e gavetas.

E as Casas Bahia? Aparentemente, foi dela que este amontoado de madeira foi comprado e montado pelo funcionário especializado neste tipo de serviço. Pode parecer implicância (acredito que seja), mas quando não gosto de alguma coisa, é difícil me fazer passar a gostar. Para se comprar um produto, tem que se ter certeza de que a qualidade do produto e da loja. Não é o caso.

Então, uma mesa nova foi comprada recentemente (não foi nas Casas Bahia), e foi montada rapidamente após a compra. Logo quando se toca nela, percebe-se que esta é bem firme, dá a segurança que a de papel estava longe de fazê-lo. Apesar de ser do mesmo tamanho, a impressão que dá é de ser mais espaçosa, pois tem espaço para colocar CDs e DVDs, apesar da gaveta ser menor.

Abaixo, estão as fotos (mal tiradas, diga-se de passagem) do novo móvel para computador.

The following two tabs change content below.

notnowlucas

São Paulo - SP
Formado em Informática e antenado no universo da tecnologia, gosto de escrever sobre tudo que me convier. Possuo um Nokia Lumia 730 e não gosto que caçoem de mim.