CBF, Ricardo Teixeira e comercial


A CBF, que organiza mal os campeonatos que são de sua responsabilidade, seja nos calendários de partidas, seja na colocação de jogos em datas FIFA e, por incrível que pareça, até na festa de encerramento “Craque do Brasileirão” (organizada por ela e pela Rede Globo) sempre é sinônimo de fracasso (goteiras, apresentadores mal preparados e perdidos, jogadores em saia justa). Sem contar nas denúncias que ganham cada vez mais força na imprensa internacional, como o caso ISL, com envolvimento de João Havelange (ex-presidente da FIFA) e Ricardo Teixeira (presidente da CBF desde 1989 e ex-genro de Havelange). Vide notícia: http://www.lancenet.com.br/copa-do-mundo/Caso-ISL-responsavel-Fifa-envolvidos_0_605339569.html

A entidade que só estraga o espetáculo da bola nacional lançou um comercial dizendo que está ajudando na paixão nacional (vejam só).

Como vocês puderam ver, o vídeo enaltece Ricardo Teixeira, só que não cita o nome do mesmo, quando diz que a gestão levou 2 Copas do Mundo e 5 Copas América (isso no profissional). Lembremos que não foi por causa da gestão “limpa”, e sim muito mais por mérito dos jogadores, e um pouco de lobby (disse um pouco para ser “bonzinho”).

Diz que a CBF (digo, a gestão Teixeira), deu mais seriedade ao futebol nacional. Bem, no ano em que ele assumiu, foi criada a Copa do Brasil e o calendário deu férias maiores para os jogadores. Mas nada de pré-temporada de 21 dias, no mínimo, nada de manutenção de jovens promessas, nada de atenção na base, nada de estaduais mais curtos por causa de lobby de federações e TVs pelos direitos de transmissão.

Não podemos nos esquecer da preferência descriminada por Corinthians (tanto que anunciou Andrés Sanchez, presidente do clube, como Diretor de Seleções, a duas semanas do fim do último campeonato nacional, onde o clube disputava com o Vasco o título) e Flamengo, e a retaliação a clubes que saem um pouco da sua risca, como o São Paulo, que foi tricampeão (2006/2007/2008) e, desde então, há retaliação do lado do Tricolor Paulista também, mostrada na demissão de Carlinhos Neves, preparador físico que foi para a seleção, mas que podia muito bem trabalhar nos dois (como está fazendo no CAM, e fez quando esteve no CAP, vide http://esportes.r7.com/futebol/noticias/atletico-mg-contrata-preparador-fisico-carlinhos-neves-20110816.html).

Duro é saber que a CBF vai ficar com um lucro enorme com a Copa no Brasil, em 2014, que Ricardo Teixeira vai ficar no poder até 2015 (isso se ele não se reeleger de novo) e que a Copa vai sugar todo um dinheiro por um evento que move o país, enquanto uns poucos riem enquanto não estão no Jornal Nacional (segundo o próprio Teixeira), acusados de corrupção e má gestão ou presos por esses crimes cometidos.

The following two tabs change content below.

notnowlucas

São Paulo - SP
Formado em Informática e antenado no universo da tecnologia, gosto de escrever sobre tudo que me convier. Possuo um Nokia Lumia 730 e não gosto que caçoem de mim.